Color logo - no background.png
  • Denise Castro

A Coerência


Qual foi a sua reação ao ler pela primeira vez o texto na imagem aqui exposta? É um tanto confuso, eu sei, completamente fora do que chamamos de comum aos textos. Não segue o padrão que você esperava. Isto é bom, por algumas razões:

1. Reforça aquilo que já disse anteriormente: não há fórmulas para escrever bem. 2. É preciso prática para desenvolver a criatividade. 3. É preciso estar mesmo muito apaixonado para trocar tanto as ideias!

Se você compreendeu o texto apenas depois de se deparar com a última estrofe e associou que o beijo é a razão da primeira parte parecer sem sentido; você conseguiu pegar o ponto chave da coerência: o contexto. Quando lidamos com a ideia de um texto, lidamos com a coerência. O contexto, a situação comunicativa é uma das formas de se recuperar a coerência, o sentido do que está escrito ou do que foi dito. Houve a intenção de deixar o leitor confuso? Sim, claro! Nenhum texto é inocente, houve a clara intenção de mostrar que a paixão, o amor é capaz de mexer com a ordem dos fatores de nossas ações, mesmo que abstratamente.

É possível usar este formato de coerência em textos argumentativos? (ENEM-Concursos) Não. Argumentos lidam com fatos e contextos, é bem verdade, porém estes não podem deixar qualquer sombra de dúvida ou confusão na mente do seu avaliador! Há milhares de pessoas concorrendo a uma vaga também cobiçada por você, logo, quanto mais clareza e relevância seus argumentos apresentarem, melhor será o resultado. E pra quê vou desenvolver a criatividade e prestar atenção neste exemplo aqui exposto? 1. Para aprender o que é coerência. 2. Para compreender que há muito mais entre o texto, a leitura e a escrita do que a sua mente imagina. Bons estudos!

#Coerência #Dicas #Redação #Vestibular #Leitura #Técnicasdeescrita

10 visualizações
instagram-icon-960.png

Acompanhe também no Instagram @obeabadaescrita

Visite nosso canal no YouTube.

Assine a nossa Newsletter