Color logo - no background.png
  • Denise Castro

Título, Tema, Tese.


Quem diria que essas três palavrinhas poderiam lhe virar de ponta à cabeça.... Tranquilize-se, pois apesar de serem parecidas à primeira vista, na prática são inteiramente diferentes!

1. Título:

Imagine uma mãe. Agora imagine também a primeira coisa que ela pensa antes mesmo de fazer um bebê... Algo que muitas vezes gera até alguma discussão entre o casal. Captou a mensagem? Acertou quem imaginou ser o nome de uma criança. O título, portanto, nada mais é do que o nome dado a um texto. Mas cuidado! Assim como a mãe tem que buscar coerência na escolha do nome de seu filho ou filha, você também tem que ter esse zelo. Escolha algo que seduza o leitor, que o convença ou pelo menos o estimule a iniciar a leitura. Pode ser em forma de pergunta; por meio de uma afirmação; uma exclamação ou até mesmo uma palavra!

Eu poderia alegrá-lo, neste instante, e dizer que é uma tarefa fácil, entretanto apesar de simples, requer muito cuidado e criatividade, logo, se faz questão de dar nome a suas criações, comece a treinar desde já!!

P.S: Atente ao edital do processo seletivo ao qual você vai prestar e verifique se há a obrigatoriedade de título. O ENEM, por exemplo, deixa opcional e ainda reforça informando que o título conta como linha de texto! Em outras palavras, não pule linha pra deixar bonitinho e nem escreva fora da pauta pra não "gastar" uma linha de desenvolvimento!

2. Tema:

Você escolhe um livro pelo nome, pela capa ou pelo assunto? Ficarei muito feliz se souber que você escolheu "assunto". Os outros elementos são interessantes e mediadores, mas no final, o que conta é o conteúdo da obra! Por que faço essa analogia aos livros? Porque quando decidimos ler ou temos de ler algo, a primeira coisa que antecipa tal ato é a identidade com o tema da obra em questão, afinal, você naturalmente vai ler até o fim aquilo que lhe interessa. Identificar qual o tema de um artigo, notícia, coletânea ou livro é no geral fácil, muitas vezes o próprio título adianta este ponto!

Então, trocando em miúdos: o tema é o assunto núcleo; principal de um texto.

P.S: Tanto em concursos quanto no ENEM, as coletâneas giram em torno de UM tema, inclusive este vem destacado no comando, como um guia para a sua produção textual! Aqui, é necessário ter uma boa leitura e interpretação, uma vez que se você fugir ao tema, poderá zerar imediatamente todo o seu trabalho textual.

3. Tese:

Você está diante de uma prova ou de uma livraria, por exemplo. Já passou os olhos nos títulos. Já vasculhou os temas, já os leu e os compreendeu e, finalmente, escolheu um. Um o quê? Um ponto de vista.

Por mais que você queira ser neutro, o seu cérebro discorda de você e emite quase que instantaneamente uma opinião sobre a informação recém adquirida. Além disso, quando decidimos escrever um texto baseado em outros textos; a partir de um tema motivador, como o caso do ENEM, temos que imediatamente determinar o nosso ponto de vista diante do caso. Temos que decidir o que defender e colocar tal escolha em evidência, na introdução. Para isso, há vários recursos, são os chamados tópicos frasais, assunto longo que será abordado particularmente em outra ocasião.

Dessa forma, observe atentamente o quanto a criação de uma tese é fundamental para determinar o desenvolvimento de sua escrita, pois a partir dela, o seu leitor terá ciência de que:

1 - você leu atentamente a coletânea.

2 - você compreendeu as informações ali contidas.

3 - você leu atentamente o tema.

4 - você o compreendeu e conseguiu um ponto de partida, que é...

5 - A sua tese!

****O uso da 1ª ou 3ª depende do destino do texto, se para uma avaliação ou outras medias diversas.

Ficou alguma dúvida? Escreva-me e falaremos mais sobre o assunto!

Bons estudos!

#ENEM #Concurso #Títulotematese #Dicas #Discurso

25 visualizações
instagram-icon-960.png

Acompanhe também no Instagram @obeabadaescrita

Visite nosso canal no YouTube.

Assine a nossa Newsletter