Color logo - no background.png
  • Denise Castro

Engate dos deuses


Hermes veio me dizer que Dionísio está à espreita, ansioso para o dia 14 de fevereiro. Tem uma taça de vinho na mão e um teatro de máscaras à minha espera.

O que Hermes não sabia, mas agora o disse, é que Eros me oferece festinhas todos os meses... disse-lhe também que, apesar de não ser Héstia e nem Anteros, poderia sim aceitar a taça de vinho... com uma condição: que esta fosse de vinho tinto - Monte Velho - e o baile, sem máscaras.

- Essa coisa de mistério deixo para Aleto, jovem Hermes, pois sabe como é né... se não fosse do jeito que descrevi, eu não seria Éris, a deusa da discórdia.

Hermes, o mensageiro, deve provavelmente ter distorcido minha história à Dionísio, assim como pode ter trazido a mim lorotas dele também. A língua de Hermes não posso controlar, bem como as fantasias que só o dia de São Valentim pode despertar, mas linguarudos como Hermes despertam seres como Iago de Otelo, cujas fofocas você vai conhecer, se a peça... você se permitir ler.

#Crônica #Deuses #ValentinesDay

15 visualizações
instagram-icon-960.png

Acompanhe também no Instagram @obeabadaescrita

Visite nosso canal no YouTube.

Assine a nossa Newsletter